Manual do professor



Download 5.67 Mb.
Page103/103
Date08.12.2018
Size5.67 Mb.
1   ...   95   96   97   98   99   100   101   102   103
. Accessed on: April 7, 2016.

3. Literally: a brick; Metaphorically: house prices.

4. Suggested answer: Positive. Since the house prices have fallen, people will have more access to houses.

5. a) I–E; II–A; III–E

b) IV–D; V–C

c) VI–A; VII–B

Página 147



Vocabulary corner

1. A – headline; B – strapline; C – lead; D – body

2. communication, entertainment, empowerment, collection, classification, information

3. collective, performing, communicative, entertaining, informative

Página 148



Turn on the jukebox!

Before you read...

a) Personal answer.

b) It can represent happiness.

c) They can represent sadness.

d) It can affect humor. For example: some people feel depressed on a rainy, or cloudy day.

1. Personal answer.

2. I–C; II–D; III–A; IV–B; V–E

3. Happiness, joy.

4. Personal answer.

Alain Clark

Alain Clark (nascido em 4 de junho de 1979, em Haarlem, Holanda) é músico e produtor.

Página 149

Vocabulary corner

1. A–VI; B–III; C–II; D–I; E–V; F–IV

Let’s read!

1. A – only; B – extremely; C – relentlessly; D – carefully; E –relatively; F – seriously; G – historically; H – suddenly

Página 150



Time for literature

Professor, veja um versão decodificada disponível em: , acesso em: 16 maio 2016.

As interrogações marcam os pontos de dúvida na decodificação.

An essay now I mean to write

To you, sweet Katie J,

The girl without a parallel,

The belle of Utica.

I wonder if you got that one

I wrote to you before

I sailed in the Arcadia,

And sent by Ellen/Allen Moore (?)

My empty head will scarce contain

A calm idea bright;

But eighty miles from you I must

Embrace this chance to write.

And first, should any envy you,

Be easy, mind it not;

Should any friendship show, be true,

They should not be forgot.

But friends and foes alike decay,

As you may plainly see,

In every funeral array,

Or uncle’s elegy.

(From virtue never deviate;

Her influence benign

A like induces tendernes,

Or fortitude divine.)

And if you cannot cut a dash,

Or cause an exclamation (?)

I hope you’ll put a period (?)

To one interrogation (?).

Are you for annexation too,

My cousin? Heart and hand

He offers in a paragraph

A section, too, of land.

He says he loves you to excess,

You are virtuous and wise,

In excellency you excel

All others in his eyes.

Página 216

This essay, until you I see

I pray you to excuse,

And do not burn in effigy,

My young and wayward muse.

Now fare you well dear Katie J,

I trust that you are true;

When this you see then you can say,

An essay I owe you.



2. Personal answer.

Página 151



Time for literature

1. Personal answer.

2. a) Drama, romance.

b) Personal answers.



3. a) Personal answer.

Aqui também é possível discutir com os alunos a crítica que costuma ser feita às adaptações de livros para o cinema. Pode-se abordar isso com base no livro Crepúsculo (Twilight), perguntando-lhes: Did you read this book? Did you watch the movie? Why are movie adaptations normally “different” from the book? Aceitar suas respostas e explicar que são linguagens muito diferentes (livro × cinema), que há restrição de tempo (o filme mostra em duas horas o que o livro narra em centenas de páginas), que o cinema lida com movimento, sons, etc. Isso torna a adaptação cinematográfica uma obra única, que às vezes passa uma ideia bem diferente da que tivemos ao ler a obra original.



4. Personal answer.

Página 152



Time for literature

1. Suggested answer: A young American couple is staying at a hotel in Italy after the end of war. They have no friends there. The husband spends most of his time lying in bed reading a book. The wife is restless and, seeing a cat in the patio in the rain, she starts to wish for a lot of things. She wishes she had a house of her own where she could receive guests and use shining silver with candles on the table. She also wishes she had long hair in contrast with her short manly curls. And, above all, she wants a cat she can hold and stroke and call her own too. She goes down to try to save the cat from the rain and she talks to the hotel owner, who is a very kind old man, and whom she likes a lot. The cat is gone. She goes back to the room. Later the hotel maid comes to her door with the little cat, saying the “padrone” had sent her the kitten.

Página 153



Time for literature

2. a) Personal answers.

b) Personal answers, but we expect it to be a “no.”

c) Personal answers. (Ex.: No, he keeps reading all the time, offers to get the cat but does not budge.)

d) Personal answer. (She resents her husband who does nothing to please her, whereas she likes the hotel owner who is always trying to do so.)

e) Personal answer.

f) Personal answer.

g) Personal answer.

3. a) Lord, life, keeper, head, sovereign…

b) Loving, beautiful, and obedient

c) Love, fair looks, and obedience

d) As payment for the debt she owes him for working to take care of her.

e) Personal answer.

Ao trabalhar com esta atividade, se julgar necessário, discutir antes com os alunos a questão da emancipação da mulher ao longo do tempo: pelo que depreendemos do texto de Shakespeare, as mulheres do seu tempo deveriam se dedicar unicamente às ocupações do lar, e as atitudes que se esperavam de uma boa esposa eram, acima de tudo, gratidão e obediência ao marido; suas maiores qualidades seriam a boa aparência e a amabilidade. Já no texto de Hemingway, há uma mudança na representação da mulher; a personagem manifesta suas vontades e suas insatisfações; ela não se encaixa no padrão de esposa obediente e subserviente do século XVII.



CROSSING BOUNDARIES

Página 154



1. Personal answer.

2. Personal answer.

3. Personal answer.

4. Personal answer.

Página 155



6. a) Personal answer.

b) Personal answer.

c) Personal answer.

Em muitos casos, há pouco ou nenhum resultado na limpeza dos vidros. Muitos limpadores industrializados contêm produtos químicos pesados que são perigosos para a atmosfera e o meio ambiente. O vinagre é um líquido ácido não tóxico, que pode limpar tão efetivamente quanto muitos agentes químicos, sem nenhum efeito prejudicial. O jornal foi utilizado para demonstrar como materiais reciclados podem ser substitutos viáveis para panos de limpeza, que necessitam de muita energia em sua produção.

Página 156

a) Personal answer.

b) Personal answer.

1. a) Suggested answer: A pinhole camera does not necessarily use lenses.

b) seashells, oatmeal boxes, coke cans or cookie containers, a discarded refrigerator, plaster, beautiful hardwoods, metal with bellows, station wagons, rooms in large buildings.

Página 157

Apesar de não ter um objetivo de ensino específico, a atividade proposta está integrada ao conteúdo das lições e é um momento de experimentar com a fotografia. Por esse motivo, sugerimos que os alunos sejam encorajados a fazer e publicar o resultado no jornal mural para que recebam feedback dos colegas. As fotos podem também ser escaneadas ou fotografadas digitalmente e publicadas nos blogs dos alunos ou no Facebook.


Página 217

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Abreu-Tardelli, L. S.; Cristóvão, V. L. L. (Org.). Linguagem e educação: o ensino e aprendizagem de gêneros textuais. Campinas: Mercado de Letras, 2009.

Bazerman, C. Gênero, agência e escrita. Org. de Judith Chambliss Hoffnagel e Ângela Paiva Dionísio. Trad. e adapt. Judith Chambliss Hoffnagel. São Paulo: Cortez, 2006.

Brasil. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lex: Leis de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB). Brasília, 1996.

_______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Orientações Curriculares para o Ensino Médio, v. 1: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: MEC/SEB, 2006.

_______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Ensino médio inovador. MEC/SEB, abr. 2009. Disponível em: . Acesso em: 31 maio 2016.

Borges, E. F. V.; Paiva, V. L. M. O. Por uma abordagem complexa de ensino de línguas. Linguagem & Ensino, Pelotas, v. 14, n. 2, p. 337-356, jul./dez. 2011.

Cope, B.; Kalantzis, M. Multiliteracies: The beginning of an idea. In: Cope, B.; Kalantzis, M. (Ed.). Multiliteracies: literacy learning and the design of social futures. London: Routledge, 2000. p. 3-8.

Cristóvão, V. L. L.; Nascimento, E. L. (Org.). Gêneros textuais: teoria e prática II. Palmas e União da Vitória: Kayguangue, 2005.

Larsen-freeman, D. Chaos/Complexity Science and Second Language Acquisition. Applied Linguistics, v. 18, n. 2, p. 141-165, 1997.

_______; Cameron, L. Complex systems and applied linguistics. Oxford: Oxford University Press, 2008.



Marcuschi, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

Miller, C. R. Rhetorical community: the cultural basis of genre. In: Freedman, A.; Medway, P. (Ed.). Genre and the new rhetoric. London: Taylor and Francis, 1994. p. 23-42.

Paiva, V. L. M. O. Modelo fractal de aquisição de línguas In: Bruno, F. C. (Org.). Reflexão e prática em ensino/aprendizagem de língua estrangeira. São Paulo: Clara Luz, 2005. p. 23-36.

_______. As habilidades orais nas narrativas de aprendizagem. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 46, n. 2, p.165-179, 2007.

_______. Como o sujeito vê a aquisição de segunda língua. In: Cortina, A.; Nasser, S. M. G. C. Sujeito e linguagem. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.

Paltridge, B. Genre and the language learning classroom. Ann Arbor: The University of Michigan Press, 2004.

Raimes, A. Techniques in Teaching Writing. New York, Oxford: Oxford University Press, 1983.

Richards, J.; Platt, J.; Weber, H. Longman Dictionary of Applied Linguistics. Hong Kong: Longman, 1985.

Saussure, F. Curso de linguística geral. Trad. Antônio Chelini, José Paulo Paes e Izidoro Blikstein. São Paulo: Cultrix, 1995.

Silva, T. C. Pronúncia do inglês: para falantes do português brasileiro. São Paulo: Contexto, 2012.

Zimmer, M.; Silveira, R.; Alves, U. K. Pronunciation instruction for brazilians: bringing theory and practice together. New Castle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2009.

Página 218



SUGESTÕES DE LEITURA

Nesta seção, apresentamos algumas sugestões de leitura, incluindo livros e sites, para aprofundamento e/ou ampliação dos conteúdos trabalhados ao longo da coleção, como estímulo à diversificação de fontes de consulta e referência para alunos e professores. Algumas indicações relacionam-se a assuntos tratados nos textos das unidades, buscando reforçar a abordagem interdisciplinar aqui defendida. Outras focalizam o ensino-aprendizagem de inglês, apresentando recursos que podem favorecer o desenvolvimento da autonomia do aluno e do professor. Sugerimos também leituras que podem contribuir para a formação continuada do professor, de modo geral.



Webgrafia para o aluno e para o professor

Todos os sites indicados nesta seção: acesso em 24 maio 2016.

Dicionários on-line

Cambridge Dictionaries Online

http://linkte.me/n0s8c

Site que oferece dicionários monolíngues (inglês-inglês) da editora da Universidade de Cambridge: Advanced Learner’s, Learners, American English e Idioms. Seu uso é bastante simples: basta digitar o vocábulo no campo do topo da página e clicar no botão “Look it up”. Na página que será recarregada em seguida, além dos diversos significados apresentados para o vocábulo, pode-se ter acesso à pronúncia (clicando no ícone de alto-falante) da palavra em inglês britânico e em inglês americano.

Dictionary.com

http://linkte.me/e97l5

Portal famoso e de fácil utilização que conta com dicionário monolíngue e dicionário de sinônimos (Thesaurus). Há também flashcards, reunidos por categorias e níveis de escolaridade, e um tradutor on-line.



Internet Picture Dictionary

http://linkte.me/hve31

Dicionário monolíngue ilustrado de uso extremamente fácil. A consulta pode ser feita pela letra inicial do verbete (Browse by letter) ou por assunto (Browse by category). As imagens apresentadas são pequenas, mas podem servir para ilustrar uma atividade pedagógica. Para capturar uma imagem qualquer, basta clicar sobre ela com o botão direito do mouse, selecionar a opção “Salvar figura como...” e escolher uma pasta do computador para gravá-la. O site ainda apresenta atividades variadas na seção Activities, localizada no canto inferior esquerdo. Há desde flashcards, que podem ser reunidos por categoria e impressos, até atividades que testam a memória verbal do usuário (Stinky Spelling e Straight Recall).



Linguee

http://linkte.me/o09s7

Ferramenta de tradução que utiliza um banco de dados com milhões de traduções como dicionário. Ela combina um banco de dados com uma máquina de busca de traduções capaz de vasculhar 100 milhões de textos bilíngues em busca de palavras e expressões. No resultado da busca, você verá a tela dividida em duas partes. À esquerda, os resultados provenientes do banco de dados para que você possa ler exemplos de diversos empregos da palavra ou expressão. À direita, os exemplos traduzidos da expressão ou do termo buscado, para que você possa verificar o contexto adequado.



Your Dictionary

http://linkte.me/c8pl7

Apresenta ampla variedade de conteúdo vocabular. Inclui um dicionário de traduções do inglês para o alemão, o português, o espanhol, o francês e o italiano. Possui recurso para ouvir a palavra procurada, sua transcrição fonética, exemplos com frases e sua origem etimológica.

Inglês geral

Activities for ESL Students

http://linkte.me/g4uos

Traz testes, exercícios e quebra-cabeças nas áreas de gramática e vocabulário organizados por nível de dificuldade e/ou assunto e com acesso às respostas corretas.



BBC Skillswise

http://linkte.me/nf023

Aborda várias estratégias de leitura (scanning, skimming, summarising) e compreensão oral (listening for specific information), por exemplo. Na parte de desenvolvimento de produção textual, é possível encontrar algumas fases da escrita (planning, proofreading). O site disponibiliza tanto a teoria quanto a prática por meios de exercícios, jogos e quizzes.



Bab.la

http://linkte.me/uyrd8

Um portal sobre línguas que oferece dicionários com bancos de traduções em vários idiomas, testes, jogos, exercícios de vocabulário, fóruns, etc. O portal é interativo, pois você pode sugerir traduções, criar seus testes ou seus próprios exercícios de vocabulário.



English as 2nd Language

http://linkte.me/w4r4i

Aborda grande variedade de links para artigos e recursos em várias áreas, como Grammar, Writing Skills, Reading Skills, Listening Skills, Pronunciation,


Página 219

Vocabulary, Teaching English, Lesson Plans, Free Exam Preparation (incluindo TOEFL, IELTS, FCE), entre outras.

EnglishClub.com

http://linkte.me/d4xi0

Site com conteúdo extenso. Áreas para alunos, professores, escolas, etc. Na parte destinada aos alunos, há links para seções como Grammar, Listening, Pronunciation e Speaking. Cada seção apresenta grande variedade de links para explicações e/ou exercícios. Há fóruns, sugestões de planos de aula e outras informações relativas à prática do ensino da língua inglesa destinadas aos professores.

Learn English

http://linkte.me/ocwlc

Portal que dá acesso a todos os sites do Conselho Britânico (British Council) para professores e alunos de inglês. No menu do site LearnEnglish, pode-se escolher navegar por habilidades linguísticas ( listening, reading, writing), prática de gramática ou vocabulário, testes on-line para avaliar a proficiência em diferentes áreas da língua inglesa e conteúdos para diversão (como jogos e cartuns).



Many Things

http://linkte.me/j460h

Leia e escute histórias ao mesmo tempo! Nesse site, você encontra várias atividades de leitura com acompanhamentos em áudio. Além disso, aqui você também terá acesso a quizzes, jogos, provérbios e até mesmo piadas divertidas, que ajudarão a complementar sua leitura.



World English

http://linkte.me/pw66a

Site para estudantes de inglês como segunda língua ou língua estrangeira. Nesse site, há atividades e testes relacionados a tópicos de vocabulário, gramática, quatro habilidades e literatura. Existe também um espaço criado para troca de mensagens entre amigos virtuais (epals).

Gramática



Daily Grammar

http://linkte.me/a9p4t

Site que trata de dúvidas frequentes no estudo da língua inglesa. Os exercícios são para imprimir e vêm com gabarito. Alguns dos pontos gramaticais tratados são verbs, pronouns, adjectives, sentence variety eprepositions.

English Grammar Lessons

http://linkte.me/zbdb0

Apresentação resumida sobre vários tópicos gramaticais da língua inglesa e exercícios on-line com resposta automática.



Internet Grammar of English

http://linkte.me/kl701

Traz uma vasta cobertura de conteúdo gramatical, que inclui tópicos como nouns, adverbs, adjectives, prepositions, conjunctions e functions in phrases, entre outros. Apresenta exercícios interativos com correção automática e revisão ao final, além de um glossário gramatical.

Pronúncia e entonação

Learning English Pronunciation

http://linkte.me/bm1v8

Dicas sobre a pronúncia da língua inglesa. Apresenta os sons do International Phonetic Alphabet com exemplos em áudio, introdução à transcrição fonética, demonstrações de transcrição fonética e dicas para uma boa pronúncia. Há também artigos relacionados a pronúncia e sotaque.



Sounds of English

http://linkte.me/e9464

Apresenta sons específicos de pares mínimos e word stress, demonstrando a diferença entre eles. Traz dicas para professores, como exercícios de pronúncia que podem ser impressos e utilizados em sala de aula.



EnglishCentral

http://linkte.me/zd95r

Neste site, o aprendiz pode ver vídeos autênticos, com ou sem legendas, e gravar/praticar a fala usando o microfone do computador. Usando tecnologia de reconhecimento de voz, a pronúncia é avaliada e o usuário recebe feedbackimediato, podendo praticar mais para aprimorá-la.



Phonetics: The sounds of Spoken Language

http://linkte.me/o6ymb

Este site contém bibliotecas animadas dos sons do inglês, alemão e espanhol. Ele disponibiliza, para cada consoante e vogal, um diagrama articulatório animado, uma descrição passo a passo e um vídeo-áudio do som falado em contexto. Com a ajuda do diagrama interativo da anatomia articulatória, estudantes e professores podem perceber como os sons são produzidos no nosso sistema fonador.

Compreensão escrita

About.com

http://linkte.me/fq5hh

Trata-se de um portal que reúne textos autênticos de diversos gêneros (tais como artigos, receitas, quizzes, tutoriais, etc.) e com grande riqueza de informações. Vários textos são elaborados em inglês por centenas de especialistas exclusivamente para o site. Podem-se buscar textos a partir de uma lista de tópicos organizados em ordem alfabética e também a partir da navegação (browsing) por uma lista de grandes temas, chamados “canais”. É também uma fonte de textos autênticos de diversos gêneros e


Página 220

com grande riqueza de informações, sendo útil tanto para alunos quanto para professores.



ESL Gold

http://linkte.me/gj524

Site voltado para o aprimoramento de técnicas de leitura que traz atividades para estudantes em diferentes níveis de aprendizagem. Apresenta textos de referência sobre estratégias de leitura, artigos, exercícios de compreensão de textos, além de jogos e planos de aula para professores.

ESL Reading

http://linkte.me/p9q9v

Com conteúdo especial para compreensão de texto e ampliação de vocabulário, esse site oferece poemas, livros virtuais, curiosidades e uma compilação de histórias originais e versões simplificadas de textos clássicos. Há também vários quizzes e palavras cruzadas, separados por níveis de aprendizagem.



ESL Yes

http://linkte.me/i4ods

Oferece 365 histórias para leitura. Todas são acompanhadas de exercícios de compreensão (múltipla escolha, palavras cruzadas, ditado) e lista de vocabulário.



Famous People Lessons

http://linkte.me/gy904

Site com biografias de várias personalidades mundiais e atividades baseadas nesse gênero textual. São atividades que buscam ampliar a compreensão de textos e vocabulário.

Online Newspapers

http://linkte.me/jz9ba

Portal que dá acesso a jornais de todo o mundo, em diferentes línguas, incluindo a língua inglesa, sendo, portanto, uma fonte de textos autênticos com temas atuais. Pode ser usado para pesquisa e prática adicional da leitura pelo aluno ou como fonte de textos a partir dos quais o professor poderá elaborar atividades de compreensão de texto.



Short Stories

http://linkte.me/f8jf1

Com textos narrativos em inglês, o site reúne, organiza e classifica contos por tipos (infantil, humor, ficção científica, terror, etc.), autor, avaliação de leitores, faixa etária e tamanho do texto. Pode ser usado tanto pelo aluno quanto pelo professor para o desenvolvimento de atividades de leitura. O site também oferece jogos e guias de leitura, entre outros recursos.



The Guardian

http://linkte.me/e089d

Seção especial do jornal The Guardian dedicada à aprendizagem de inglês, cujos textos são baseados em notícias da atualidade. Para cada matéria, são propostas lições de compreensão de textos, vocabulário, gramática e questões para discussão.



The Learning Network

http://linkte.me/u1znb

Blog com ótimas referências em materiais de leitura e estudo da língua inglesa. São planos de aula com base no conteúdo do jornal The New York Times que trazem propostas interativas para compreensão e discussão de conteúdo.

Compreensão oral



Breaking News English

http://linkte.me/m6hw8

Site para aprimorar as estratégias de compreensão oral, com podcasts baseados em notícias recentes. Há planos de estudo com exercícios de compreensão e chave de respostas para as atividades propostas.

English Listening Lesson Library Online

http://linkte.me/kns95

Oferece ricas e variadas atividades on-line de listening, com opção de legenda e transcrição, atividades de múltipla escolha (compreensão), jogos, atividades com imagens e vídeo. Inclui o áudio de falantes de diversas nacionalidades.



English Listening Lounge

http://linkte.me/k22o3

Site comercial que oferece conteúdo gratuito. A Free Guest Area, destinada aos não membros, é dividida de acordo com o grau de dificuldade. Os assuntos são separados em tópicos nos diferentes menus exibidos. Cada menu contém uma rápida descrição do conteúdo a ser escutado, do tempo de duração, da velocidade e do sotaque. Os arquivos possuem exercícios de múltipla escolha com gabarito e transcrição.

Randall’s ESL Cyber Listening Lab

http://linkte.me/z8387

Possui inúmeros arquivos de áudio organizados por graus de dificuldade e temas, acompanhados de atividades de compreensão auditiva (incluindo pre‑listening , exercícios de listening com resposta automática, atividades de vocabulário, post-listening) e com opção de visualização da transcrição.



Voices of America

http://linkte.me/z9z14

Site com vídeos legendados e podcasts sobre notícias de todo o mundo com redução de 1/3 de sua velocidade original para que aprendizes de inglês possam acompanhar as reportagens.

Bibliografia comentada para o professor

Barcelos, Ana Maria Ferreira; Abrahão, Maria Helena Vieira (Org.). Crenças e ensino de línguas: foco no professor, no aluno e na formação de professores. Campinas: Pontes, 2006.

Esse livro reúne pesquisadores de várias partes do Brasil em 12 capítulos sobre crenças de professores e alunos de língua inglesa com foco na formação de professores.


Página 221

Barros, Solange Maria de; Assis-Peterson, Ana Antônia de (Org.). Formação crítica de professores de línguas: desejos e possibilidades. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

Esse livro reúne, em cinco eixos temáticos, textos sobre questões educacionais. Os textos discutem o discurso crítico-reflexivo, questões colaborativas, identidades, currículos e discursos de professores.



Braga, Douglas Bértoli. Ambientes digitais: reflexões teóricas e práticas. São Paulo: Cortez, 2013.

O livro apresenta reflexões sobre as tecnologias de informação e comunicação e possibilidades de uso no ensino básico. É um bom auxiliar para o professor que pretende mudar os modos de ensinar com a inserção de ferramentas digitais em suas práticas pedagógicas.



Brown, H. Douglas. Teaching by principles: an interactive approach to language pedagogy. 3. ed. New York: Pearson Longman, 2007.

Esse livro é indicado para professores de línguas com nenhuma ou pouca experiência em sala de aula. Reúne sugestões práticas sobre o ensino-aprendizagem de línguas, todas firmemente ancoradas em princípios bem fundamentados. Ao final de cada capítulo, há exercícios que proporcionam a reflexão sobre o conteúdo apresentado.



Bruno, Fátima Cabral (Org.). Ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras: reflexão e prática. São Carlos: Claraluz, 2005.

Esse livro reúne textos de interesse de professores de espanhol e de inglês, e dentre eles destacam-se as reflexões sobre aquisição de segunda língua, sobre o erro do aluno de língua estrangeira e sobre o ensino do present perfect.



Celani, Maria Antonieta Alba (Org.). Professores e formadores em mudança: relato de um processo de reflexão e transformação da prática docente. Campinas: Mercado de Letras, 2003.

Essa obra reúne uma série de reflexões sobre um projeto de formação de professores em São Paulo que inclui aprimoramento linguístico, aprimoramento de formação profissional e formação de multiplicadores. As questões abordadas, tais como aprendendo a aprender, autoavaliação e representações, são de interesse de qualquer professor.



Dias, Reinildes; Cristóvão, Vera Lúcia Lopes (Org.). O livro didático de língua estrangeira: múltiplas perspectivas. Campinas: Mercado de Letras, 2009.

Essa coletânea reúne trabalhos de vários pesquisadores que compartilham conhecimento teórico-metodológico sobre o livro didático de língua estrangeira e apresenta argumentos para o desenvolvimento da postura crítica em relação ao material didático disponível no mercado e/ou produzido pelo professor.



Elichirigoity, Maria Terezinha Py (Org.). Técnicas e jogos para aprendizagem de língua estrangeira na sala de aula. Pelotas: Educat, 1999.

Esse livro oferece ao professor de língua estrangeira mais de cinquenta sugestões de técnicas e jogos para a aprendizagem de língua estrangeira, incluindo sugestões de como trabalhar com canções.



Figueiredo, Francisco José Quaresma de (Org.). Aprendendo com os erros: uma perspectiva de ensino de línguas. Goiânia: Editora UFG, 2006.

Esse livro reúne capítulos do organizador e seu grupo de pesquisa sobre aprendizagem colaborativa, demonstrando seus benefícios e suas limitações. O volume apresenta fundamentação teórica sobre aquisição de línguas, concepções de erro, reflexões sobre o ensino de línguas e exercícios que levam o leitor a refletir sobre a análise de erros de aprendizes.



Leffa, Vilson (Org.). O professor de línguas estrangeiras: construindo a profissão. Pelotas: Educat, 2001.

O livro apresenta o professor de línguas estrangeiras como um profissional em formação contínua, que precisa estar sempre se atualizando, não só para acompanhar um mundo em constante mudança, mas também para ser capaz de provocar mudanças. Emancipação, autonomia, diálogo, o professor-pesquisador, relações entre teoria e prática, domínio afetivo, ênfase no desejo do aluno, trabalho colaborativo entre colegas professores e ensino colaborativo aliado ao uso das novas tecnologias, consciência política sobre ensinar/aprender línguas, ruptura com o tradicional e formação integral são alguns dos temas abordados nessa obra.



Leffa, Vilson (Org.). A interação na aprendizagem das línguas. 2. ed. Pelotas: Educat, 2006.

Esse livro reúne vários pesquisadores para demonstrar a importância da interação no processo de ensino e aprendizagem, incluindo a interação face a face e a mediada pelo computador.



Liberali, Fernanda Coelho. Atividade social nas aulas de língua estrangeira. São Paulo: Moderna/Richmond, 2009.

Esse livro discute e propõe o ensino de línguas por meio de atividades sociais, incluindo a discussão sobre como preparar unidades ou projetos e como avaliar. Aborda também a relação entre atividades sociais e os gêneros. A título de exemplificação de como implementar as ideias apresentadas, o volume traz quatro unidades didáticas com sugestões e exemplos de tarefas. Finalmente, são feitas considerações sobre a importância da reflexão crítica na formação do professor.



Lightbown, Patsy M.; Spada, Nina. How languages are learned. 3. ed. Oxford; New York: Oxford University Press, 2006.
Página 222

Esse livro apresenta uma revisão das principais teorias de aquisição, discute fatores que afetam a aquisição de uma segunda língua e faz reflexões sobre processos de ensino e de aprendizagem, além de discutir alguns mitos sobre a aprendizagem de línguas.



Lima, Diógenes Cândido (Org.). Ensino e aprendizagem de língua inglesa: conversas com especialistas. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

No livro, especialistas de várias partes do Brasil respondem a perguntas feitas por jovens professores de língua inglesa, abrindo um espaço de debates, provocações e reflexões sobre o processo de ensino e aprendizagem de inglês como língua estrangeira e internacional.

_______. Aprendizagem de língua inglesa: histórias refletidas.Vitória da Conquista: Edições Uesb, 2010.

Esse livro reúne pesquisadores de várias universidades e apresenta análises de narrativas de aprendizagem coletadas pelo organizador e disponibilizadas no projeto Amfale. A partir das análises, os autores discutem questões tais como teorias da aprendizagem, crenças sobre aprendizagem, autonomia, identidade, etc.



Miccolli, Laura. Ensino e aprendizagem de inglês: experiências, desafios e possibilidades. Campinas: Pontes, 2010.

Nesse livro, além de uma sólida reflexão teórica, a autora apresenta um estudo dividido em 12 capítulos sobre experiências de aprendizagem que abrangem experiências individuais e coletivas de alunos e professores, em contextos diferentes.



Paiva, V. L. M. de O. e (Org.). Práticas de ensino e aprendizagem de inglês com foco na autonomia. Campinas: Pontes, 2007.

Esse livro visa ajudar o professor de inglês a continuar seu processo de aprendizagem da língua de forma autônoma e, ao mesmo tempo, a refletir sobre os processos de ensino e aprendizagem que propiciem o uso da língua estrangeira de forma significativa.



Ribeiro, Ana Elisa; Novais, Ana Elisa Costa (Org.). Letramento digital em 15 cliques. Belo Horizonte: RHJ, 2012.

Conforme as organizadoras, esse livro pode ser definido como uma “caixa de ferramentas” que reúne 15 experiências com diferentes tecnologias digitais. Os autores apresentam as ferramentas de forma didática por meio de mapas de propostas que incluem o que foi feito, com qual ferramenta, o passo a passo e os objetivos.



Scarcella, Robin C.; Oxford, Rebecca L. The tapestry of language learning: the individual in the communicative classroom. Boston: Heinle & Heinle, 1992.

Esse livro apresenta uma proposta que combina a aprendizagem comunicativa, temática e por tarefa, levando em conta as diferenças individuais (estilos e estratégias de aprendizagem, motivação, idade e necessidades do aprendiz) e propondo a integração das habilidades de leitura, escrita, produção e compreensão oral.



Silva, Kléber Aparecido da (Org.). Ensinar e aprender línguas na contemporaneidade: linhas e entrelinhas. Campinas: Pontes, 2010.

Essa coletânea reúne diversos pesquisadores discutindo temas diversos, tais como políticas educacionais e processos de formação de professor.



Silva, Thaïs Cristófaro. Pronúncia do inglês: para falantes do português brasileiro. São Paulo: Contexto, 2012.

Nesse livro, a autora apresenta de forma clara e didática o sistema de sons do inglês britânico e do americano e destaca os aspectos mais relevantes para os brasileiros que aprendem o idioma. O livro inclui exercícios com respostas para que o leitor possa praticar e aperfeiçoar sua pronúncia.



Swan, M. Practical english usage. Oxford: Oxford University Press, 2005.

Esse guia é uma referência para o ensino de gramática e oferece explicações de forma clara e prática sobre o uso da língua inglesa. Os exemplos apresentados são baseados em pesquisa decorpus recente.



Ur, Penny. A course in language teaching: practice and theory. Cambridge: Cambridge University Press, 1996.

Essa obra oferece um panorama bem abrangente sobre o ensino-aprendizagem de línguas. Ela fornece uma introdução bastante acessível a muitas características importantes do ensino de línguas. Todas as unidades são acompanhadas de tarefas e sugestões práticas para o professor utilizar em sala de aula.



Webgrafia comentada para o professor

Todos os sites indicados nesta seção: acesso em 24 maio 2016.

Cybergrammar

http://linkte.me/b7s1c

Organizado pela University of Exeter, esse site contém um resumo de pontos gramaticais e as discussões de implicações pedagógicas referentes a eles, além de testes para a verificação do entendimento das áreas focalizadas.

Internet Segura

http://linkte.me/eprm4

O portal Internet Segura é uma iniciativa do Comitê Gestor da Internet no Brasil e do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, que procura reunir as principais iniciativas de segurança da internet no Brasil e apresentá-las em um local único, auxiliando os


Página 223

internautas a localizar as informações de interesse e incentivando o uso seguro da internet. Uma das áreas do portal (http://linkte.me/ige6u) é dedicada a crianças e adolescentes e oferece guias, cartilhas, dicas e vídeos que ajudam a navegar de forma mais segura.

OWL (Online Writing Lab)

http://linkte.me/o2egf

Reúne recursos e materiais sobre técnicas de escrita de diferentes tipos de texto (essays, cartas, memorandos, relatórios) e até mesmo de pesquisa na internet. Cobre todos os aspectos, destrincha todos os tipos de writing e ainda tira dúvidas, por meio de FAQs ou e-mail. Conta ainda com um grande número de exercícios. O Online Writing Lab aborda o processo de redação em suas diferentes etapas, desde o planejamento até a revisão do texto.

Teaching English

http://linkte.me/bj7at

Elaborado pelo Conselho Britânico com apoio da rede BBC, o site disponibiliza ao professor de inglês informações e recursos variados, como sugestões de atividades, planos de aula, fóruns de discussão, detalhes sobre conferências profissionais, artigos acadêmicos, etc. Também pode ser acessado a partir de link no portal Learn English: http://linkte. me/dgcvy.

Using English for Academic Purposes

http://linkte.me/e5e1f

Apresenta enorme variedade de conteúdos práticos e teóricos para quem precisa usar a língua inglesa com propósitos acadêmicos, como ler e redigir textos acadêmicos, fazer resumos, compreender e apresentar palestras, etc. Inclui dicas, orientações de estudo, referências bibliográficas e exercícios com respostas em algumas seções.

Corpora

http://linkte.me/cc0q4

Site que disponibiliza gratuitamente nove corpora diferentes, como Global Web-Based English (1,9 bilhão de palavras), Corpus of Contemporary American English (450 milhões de palavras), British National Corpus (100 milhões de palavras), Strathy Corpus (50 milhões de palavras do inglês canadense), dentre outros. Disponibiliza ainda vários sites que permitem explorar as palavras da língua inglesa, sua frequência e usos. Dentre suas aplicações, podemos citar: descobrir como falantes nativos realmente falam e escrevem; estudar a mudança e a variação linguística; descobrir quais são as palavras, as expressões e as colocações mais frequentemente usadas; desenvolver materiais para aprendizagem de língua mais autênticos.

Sites de pesquisadores e grupos de pesquisa



Sites de pesquisadores e grupos de pesquisa são fontes de textos atuais e confiáveis para formação docente.

Site com textos da Prof.ª Bonny Norton



http://linkte.me/zrc84

Os textos da Profª. Bonny Norton tratam de questões sobre identidade e aprendizagem, inglês como língua internacional, letramento crítico e pesquisa qualitativa.

Site do Núcleo de Pesquisas em Linguagem, Educação e Tecnologia (LingNet)

http://linkte.me/p68tk

O site do núcleo de pesquisas LingNet (Linguagem, Educação e Tecnologia), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), oferece uma Webliotec@ (que lista e descreve os conteúdos de sites selecionados e organizados por temas: inglês geral, gramática, leitura e redação, oral, literatura inglesa e norte-americana, recursos para professores, dicionários, diversão e curiosidades); livros virtuais gratuitos (na seção eBooks LingNet); links para artigos, dissertações, teses, periódicos, entrevistas e podcasts relacionados à área de Linguagem, Educação e Tecnologia (a partir da seção Produção); informações atualizadas sobre eventos acadêmicos relevantes para a formação do professor de línguas.

Site com textos do Prof. Tim Murphey

http://linkte.me/gqys9

Nesse site, encontramos textos sobre ensino comunicativo humanista, música e canções, teoria sociocultural, identidade e motivação.

Site do Prof. Dr. Vilson Leffa (UCPel)

http://linkte.me/arcgf

O site mantido pelo Prof. Dr. Vilson J. Leffa, professor titular da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), disponibiliza, entre outros recursos, inúmeros textos sobre ensino-aprendizagem de línguas e formação do professor.



Ferramentas digitais e serviços gratuitos disponíveis na internet

Todos os sites indicados nesta seção: acesso em 24 maio 2016.

Na internet, muitas ferramentas digitais e serviços gratuitos podem ser utilizados pelo professor de inglês para elaborar materiais e atividades didáticas, ainda que a maioria desses recursos não tenha sido criada para o ensino de línguas. A seguir, sugerimos alguns deles.
Página 224

Eclipse Crossword



http://linkte.me/mh6l5

Programa de criação de palavras cruzadas.

ELO (Ensino de Línguas Online)

http://linkte.me/h135l

Programa de autoria para a produção de materiais voltado especialmente para o ensino de línguas. Com o ELO você pode criar diferentes tipos de atividades, incluindo leitura de texto com dicionário acoplado, fazer perguntas e avaliar as respostas do aluno, dar feedback progressivo para cada resposta do aluno, correta ou não, além de outros tipos de atividade.

Hot Potatoes

http://linkte.me/ls52o

Programa de autoria de seis tipos de exercícios interativos em formato html: múltipla escolha, perguntas curtas, palavras cruzadas, ordenação de frases, correlação e preenchimento de lacunas. As atividades podem ser realizadas tantoon-line quanto off-line. O software é gratuito para fins educacionais, mas é necessário fazer um registro no site do programa.

Moodle

http://linkte.me/ek7ix

Moodle (Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment) é um gerenciador de cursos on-line. É um software livre (open source) desenhado para ajudar educadores a criarem comunidades de aprendizagem on-line.



Youblisher

http://linkte.me/n2908

Site que permite a criação de publicações (livros, revistas, manuais) on-line.

1 SACs é um acrônimo para Sistemas Adaptativos Complexos. Os SACs são sistemas compostos por elementos em interação e que estão sempre em mudança porque são sensíveis à experiência e ao feedback.

2 Affordances, neste contexto, podem ser entendidas como as oportunidades de aprendizagem.

3 Dêiticos são elementos linguísticos (pronomes pessoais, demonstrativos e advérbios de lugar e tempo) que fazem referência aos falantes, ao espaço e ao tempo.



Share with your friends:
1   ...   95   96   97   98   99   100   101   102   103


The database is protected by copyright ©sckool.org 2019
send message

    Main page