Bandits, Favelas and Utopia in Brazilian Funk


I Proibidão: A. MC One (from the favela of Rocinha)



Download 0.71 Mb.
Page26/27
Date08.12.2018
Size0.71 Mb.
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   27

I Proibidão:

A. MC One (from the favela of Rocinha)


“Sou da Rocinha”

Sou da Rocinha não dou mole pra Terceiro Comando querendo esculachar,

vai tomar de AK papum

Sou da Rocinha não dou mole pra Terceiro Comando querendo esculachar,

Bota o fuzil pra cantar!
É bonde que fortalece o Valão, quero ouvir, papum papum,

é o bonde que fortalece o Valão, vamos lá

A união dos irmãos, que eu venho falar quem quiser venha formar

Para andar lado a lado com o bonde tu não pode vacilar

O ritmo é frenético é disposição nosso bonde é boladão

Plantado dia e noite fortemente armado, aqui na área do Valão

Bota o fuzil pra cantar,

é o bonde que fortalece o Valão, quero ouvir,

Sou da Rocinha não dou mole pra terceiro comando querendo esculachar,

vai tomar de AK,

Sou da Rocinha não dou mole pra terceiro comando querendo esculachar
Na continuação se liga meu mano não sou simpático a ninguém

Armamento pesado bote na sua mente, igual a Roça não tem

Puxa o bonde Bigode, Bil, Buiú, Cavanhaque, 21, Marcelinho, Marino, e o 99

não esqueçam de Magu

Domar, Dewilson, Molejo e o Bel os restantes estão no céu, Bahiano, Batatinha, o meu amigo Serginho, Trola o braço fiel para finalizar de AK na mão Soldado e o Cabeção, braço Magu, Naiba, se liga Bil não esqueço dos irmãos,

Bota o fuzil pra cantar!

É o bonde que fortalece o Valão, quero ouvir

Tô cansado de falar mais eu tenho que explicar, se mexer com o Buiú toma tiro de AK

Tô cansado de falar, mais eu tenho que explicar, se mexer com o Lelé toma tiro de AK

Se mexer com o Buiú toma tiro de AK


“Vacilou, levou”

Vacilou, levou, o comando é vermelho, se cagüetar, levou o comando é vermelho

Se não fechar, levou o comando é vermelho, fazer o queixa, levou o comando é vermelho
Se tu é CV na mente anda com o fuzil na mão,

vem comigo a chapa é quente, o comando é vermelhão

Vem no clima da Rocinha, no ritmo do morrão

é a comissão de frente garantindo a contenção


Mas vacilou levou, o comando é vermelho, cagüetou velou, o comando é vermelho

Se não fechar levou, o comando é vermelho, se bulir levou, o comando é vermelho

Sigo fortemente armado de AR e de G3, lança-granada e traçante é a turma da sem lei

Se os vermes pintar na pista, de ralelê vão ficar,

desço o bonde do morrão, de cigui e de AK
Cagüetou levou, o comando é vermelho, vacilou levou, o comando é vermelho

Se bulir levou, o comando é vermelho, vacilou levou, o comando é vermelho

Mas se liga laufranhudo no que agora eu vou falar

Vê se bota na cabeça usa chapéu quem sabe usar,

Tem o bonde da Rocinha querendo jogar na mala, Mr. M simpatia vai de pedra lá vai bala

Se cagüetou levou, se tu bulir levou, se fazer queixa levou, mais vacilou levou, o comando é vermelho

A Rocinha é CV e comanda não é comandado, mando um alô pra Mineira, Pavãovizinho e Canta Galo, a Grota e a de Deus, o Borel e a Varginha, Vidigal, Andaraí e o bonde da Fazendinha, Formiga, a Nova Holanda o Serra pra completar o Falete, o Fogueteiro e o Turano e a Cruzada
Vacilou levou, se cagüetar levou, o comando é vermelho, se bulir levou,

o comando é vermelho, vacilou levou,


sou da Rocinha não dou mole pra terceiro comando querendo esculachar

Vai tomar de AK, papum,

sou da Rocinha não dou mole pra terceiro comando querendo esculachar

Bota o fuzil pra cantar

“Venho Alertar”

Tô bolado, tô bolado,

tô bolado, tô boldado!
Maluco venho alertar, só mesmo vendo pra crer

Se não vive pra servir, não serve para viver

Porque no mundo do crime ganhar respeito e poder

Mas o final deste filme eu tô cansado de ver

Periferia é mil grau

Pra quem tem conceito forte

A todos os do bonde do mal

Violento conta com a sorte

O que os olhos não vêem o nosso coração não sente

Por isso a sociedade anda sempre contente


Já na revolta com a vida querendo lançar os panos

Não é preciso ser inteligente pra ver o que acontece com os manos

Maluco na revolta, a molecada começa a roubar

De menor vai parar lá na FEBEM

De maior vai parar lá no DACA
Neurose aí violento

Já tô te ligando a fita

Pa tu ficar por dentro e não perder a vida

É só lazer tu tá ligado

E tá bolado só pra variar

Terrorista de salão Pikachu,

melhor amigo não contrariar

só para variar a mente, maluco, legalizou

por que eu sou o Galo da Roça

e os amigos abalou

eu tô em pé sem cair, tô deitado sem dormir

preparado sem fazer pose

é o bonde dos MC
Eu sou daqueles antes que bem só do que mal acompanhado

Se não faz tua cara, não atrase meu lado

Pense bem no que você tá dizendo pra não bater com a língua nos dentes

Pra X-9, cagüete, maluco, descarrego o pente

Ande sempre pelo caminho certo

Não queira ser mais do que ninguém

Já vi muito mano esticado no chão

por querer ser grande também

fama, dinheiro e poder, claro que todo mundo tá de olho

mas como diz o ditado quem vai pela cabeça dos outros é piolho


“Papum, papum”

Cheguei da batalha bolado

Se liga em que aconteceu

Quando eu cheguei no morro soube que mataram um amigo meu

E eu fiquei revoltado

Vim pra Rocinha formar

O Bigode sentiu firmeza e jogou no meu peito um AK,

Papum, papum,

Com a pistola .45, um fuzil lança-granada

E tu vem com os irmãos formando o bonde da pesada

Eu sou negão e tô bolado

Não tenho arrego, não

E vou descer com o meu bonde

E vou quebrar os alemão

Quero ouvir só de AK
La la iá, estufa o peito vou furar

La la iá e só passa tracante no ar

La la iá estufa o peito vou furar

La la iá e só passa tracante no ar


E o tempo vai passando

Com o comando eu fechei

E tá tudo dominado

É o bonde dos sem lei

Na favela da Rocinha

O comando é consagrado

Se mexer com nosso bonde vai sair todo furado,

Papum, papum,

Or irmãos estão na pista

Sem neurose sem caô

Nosso bonde é sinistro

é o bonde quebra-quebrou

O catuque já foi dado eu não vou mais repetir

Tenho um grande conceito

Sou local MC

Quero ouvir só de AK

La la iá estufa o peito vou furar
“Bonde do chi-cheiro”

Essa vai pra rapaziada que gosta da Alcione, tutti-frutti, escama de peixe,

Gal Costa e muito mais, né!!! Aquela branquinha , bonde do chi-cheiro.

E meu irmão vou te dar umas dicas aí, boca do Valão, ta ligado né,

Pó de cinco de dez, tem o pó de vinte que é bom pra caralho, hein?
Ei ô bonde do chi-cheiro, vou dar um teco maneiro na área do Valão, como é bom

Ei ô bonde do chi-cheiro, vou dar um teco maneiro, eu vou ficar é pancadão, pancadão

A brizola faz a gente emagrecer, faz a gente perder peso e não querer comer

Mais depois vem aquela esticação, se não tiver dinheiro vai ter que virar um ladrão

Mais depois vem aquela esticação, se não tiver dinheiro vai empenhar o seu cordão

Vamos lá fungador, se tiver de sola cheira, cheira, cheira,

você não vai dispensar não, não, não

Tu vai cheirar a noite inteira até ficar pancadão,

Tu vai vender sua bermuda e o seu quepe da cantão,

Tu vai vender sua panela e o seu relógio e o fogão, cheira,cheira, cheira


Ei ô bonde do chi-cheiro, vou dar um teco maneiro na área do Valão, como é bom

Ei ô bonde do chi-cheiro, vou dar um teco maneiro, eu vou ficar é pancadão, pancadão

A brizola faz a gente emagrecer, faz a gente perder peso e não querer comer

Mais depois vem aquela esticação, se não tiver dinheiro vai ter que virar um ladrão

Mais depois vem aquela esticação, se não tiver dinheiro vai empenhar o seu cordão

Vamos lá fungador, se tiver de sola cheira, cheira, cheira, você não vai dispensar não, não, não


“Bonde dos ladrões”

Um alô mané, é bonde do ladrão que gosta de roubar um carro forte,

Fazer um seqüestro neurótico, tá ligado né mane, roubar um banco

E as menozadas que gosta de meter ums toca fita ta ligado né

A peça é essa ta ligado né, rapazeada hamm, então vai
A letra desse rap vai pra geral se ligar, eu falo dos amigos que se amarram em roubar

Na área do Valão os ladrãos são sangue bom, vai em Botafogo, Ipanema e Leblon

Na Barra da Tijuca o bonde vai geral, vai de pino, vai de lixa e até de pica-pau

Quero ouvir, quero ouvir, já roubou, demorou de bá, demorou de bá

O Valão, Roupa Suja demorou de bá, solta o pancadão DJ pra galera delirar

Depois de sacudir eles vão se divertir, vão comprar é roupa nova, para o baile vão curtir

Bermuda da Ciclone ,Camisa da Toulon, quepe importado e um tremendo relojão

Mizuno, Nike, Kenny, tá ligado também é tradição

Quem usa essas peças Roupa Suja e Valão,
Quero ouvir, quero ouvir, já roubou, demorou de bá, demorou de bá

Mais demorou de bá, agora meus amigos se ligue que eu vou falar

O nome dos amigos que se amarraram em roubar

Vem o amigo Liu, que é um cara sangue bom, vem o ###### ,

#####,#####,##### (etc)

E o ##### que pilota de montão, faz Miura, Catete e até grande fu

Quero ouvir, quero ouvir, já roubou, demorou de bá, demorou de bá
Não beba whiskey, beba Nescau, não fume cigarro a maconha é três reais

Não beba whiskey, beba Nescau, não fume cigarro a maconha é três reais

É na palma da mão o bicho vai pegar, eu estou idignado vou fumar um classe A

Estico ra ta tá, mantando eu vou ficar, se liga rapazeada que o bicho vai pegar

Formiga de tamanco não sobe parede não, nem perna de barata é serrote não

Barata viva não atravessa galinheiro, porque o Galo esta lá e é um cara maneiro

Paz na mente e na consciência seu cabeça de bosta, rio que tem piranha jacaré nada de costa

Se fui pobre não me lembro se fui rico me roubaram, morena trás o esqueiro pra acender meu baseado

Já fui lá e já voltei, foi com meu cigarro, morena trás o esqueiro pra acender meu baseado

Já fui lá e já voltei, passei ali por perto, sangue bom faz o canudo que eu vou bater um teco

Sangue bom faz o canudo que eu vou bater um teço, vai dar um vai dar duas você vai ficar esperto
“Hoje eu sonhei”

Vamos lá, hoje eu sonhei viajando no Valão,

ia ter um baile bom no lugar onde eu morava

Minha Rocinha estava enfeitada, o DJ era o Buzunga, locutor era o Bolado

Mas de repente chegava o Ronaldo com sua metralhadora no pescoço pendurado

Aí então eu fiquei muito animado, ao ver toda aquela gente sorridente do meu lado

É , sem perceber chegou Tebererê minha perna ficou bamba não vou mais sair daqui

Quero ouvir, Mario Heleno, Zé do Queijo e Osnê,

Geraldete e o Cândi já passaram por aqui

Mais derepente eu vi Vicente e Ademir, o Herinque com Zequinha,

o Yoyo com Parazinho

Bebendo um choppe com amigo Bagulhão, que saudade dessa gente Rocinha recordação


Ai, ai meu Deus eu não posso acreditar,

isso mais parece um sonho me da vontade de chorar

Recordações me explique por favor, onde está toda essa gente, diga meu nosso senhor

e logo depois, chegou o Fernandinho com Gato do Vidiga, Rafael e o Chiquinho

Sem esperar desceu o bonde lá da Um, vi Comprido e o Pet, Jorge Chefe e mais um

Era o Bicudo que não deu pra conhecer,

quando ele chegou junto foi que eu pude perceber

Até o Pantera, Santos, Cleber e o Ramon foram parte desse sonho,

foram muitos sangue bom

Ouvir dizer que o Cassiano estava lá, o Lecão e o Bilisca mas ficaram de vagar

Melhor ficou pintou o Lula e o Zana, Raxini e o Vere dança com Paulo Caxanga,

É , olhei pro canto vi seu Jorge e Lelé, com o seu velho charuto perguntei como é que é?

Logo em seguida, imagina eu vi Dedé, Brasilerinho, Beto Fal, mas estavam de rolé

Léo de Menor, o Pitanga, Carne Seca, que saudade lá do bar, tio Celson era o cabeça

Deixo um abraço do fundo do coração o amigo de Leandro eternamente o Padrão

Eu sou o Galo, sou contente ator aqui, eu não posso me esquecer do Lobão e do Gordinho

Sem desejar, o Bigode é sangue bom, quando arde o coração para o Bil que é meu irmão

É , vamos lá, oi demorou de bá, segura DJ...


“Bonde da fé”

Recordação é viver, e o bom da vida é curtir, sonhar me dar mais prazer

Por isso eu canto tão feliz, alô rapazeada esse é o bonde da fé,

Com Gordinho, Cassiano e Fernandinho e Dedé

Alô rapazeada esse é o bonde da fé, da fé, da fé

Mas com Gordinho, Cassiano e Fernandinho e Dedé

Pra mim é um grande prazer contar a sua história

Falar de amigos guerreiros que não me sai da memória

Vi Buzunga, Geraldete, Zé do Queijo e Bolado, com Ademir,

Nelson Batina não dá pra ficar parado

O Cadi, Mario Heleno, Naldo e o Tibiriri a Rocinha tem conceito e eu não vou sair daqui

Tão contente eu vi Vicente, Generoso e o Ademir,

com Henrique e o Zequinha o Yoyo e o Parazim

O meu rap está rolando é da fé que emoção,

ai meu Deus tanta tristeza quando eu canto esse refrão
Recordação é viver, e o bom da vida é curtir, sonhar me dar mais prazer

Por isso eu canto tão feliz, alô rapazeada esse é o bonde da fé,

Com Gordinho, Cassiano e Fernandinho e Dedé

Alô rapazeada esse é o bonde da fé, da fé, da fé

Mas com Gordinho, Cassiano e Fernandinho e Dedé
Roberto e o Sabará, o Aranha no sapatinho com Gato do Vidigal o Rafael e o Xiquim

Vi comprido Jorge Chefe, o Pet fez uma presença,

o Luciano e o Bicudo não queriam violência

O Pantera, Santo escreve melodia e o Ramon,

chegou com Paulo Caxanga, Rachini e o Molecão

Vi Bilisca com São Jorge, Beto, Falcão com Lelé, Dimenor,

Brasileirinho, Carne Seca deu no pé

O Pitanga com o Zano, Lula fez a formação acordei com tio Cefo,

ó Deus e vi que era ilusão
Recordação é viver, e o bom da vida é curtir, sonhar me dar mais prazer

Pó isso eu canto tão feliz, alô rapazeada esse é o bonde da fé,

Com Gordinho, Cassiano e Fernandinho e Dedé

Alô rapazeada esse é o bonde da fé, da fé, da fé

Mas com Gordinho, Cassiano e Fernandinho e Dedé

Pra mim é um grande prazer contar a sua história

Falar de amigos guerreiros que não me sai da memória…
B. MC Two (from the favela of Formiga)

“Cachorro”

-Aí, cidadão, é o arrego.

-Qual é, Chefia, de novo? Porra. Tá maluco.

-Pois o salário tá bravo, né?

-Ah, quer dindin, então vende X-9 para mim.


Tá ligado?

O, tá mandado, já voltou mas tá queimado


Se faz de amigo, só faz de conta,

Sujeito safado tem que apanhar,

Por causa dele o meu mano morreu

O plantão, todo o trabalho, ele enfraqueceu

E causou muitas mortes deixando infeliz

Famílias dos mano que eram raíz

Os moradores já querem pegar

Até grampearam o seu celular

O patrão já tá preso e mandou avisar

Sua sentença já vamos executar

É com bala de AK
Cachorro, se quer ganhar um dindin,

vende X-9 pra mim, vende X-9 pra mim

Cachorro, cachorro, me entrega esse canalha

Deixa ele bem amarrado, pega o dinheiro e rala


Sujeito safado já sabe de cor

O endereço contato lá do DPO (Departamento de Polícia Operacional)

Comédia fodido que entrega o irmão,

Se pego esse verme não tenho perdão

Pago quanto for, mas me dá o canalha

Eu vou comer esse verme na bala

De qualquer modo não vai escapar

Eu tenho para ele uma bolsa de AK


“Terror de Boca”

Se liga nessa então, se liga hein, é mais ou menos assim, ó…

Pra quem não conhece a disci, eu vou te apresentar,

A disci é disciplina basta você aguardar, violar as cosias dos outros não fortalece em nada

Quando a gente não pensa é com a vida que paga, e na disciplina eu não deixo pra depois

Se Leonardo da Vinci porque eu não posso dar dois,

E tô ficando na onda sem vacilação, Mr. Catra só dá papo reto, consciência meu irmão

Mr. Catra só dar papo reto, consciência meu irmão

e o terror de boca é chupeta, não adianta chorar,

e quando a chapa esquenta ele pede colo querendo mamar

Terror de boca é chupeta, não adianta chorar,

e quando a chapa esquenta ele pede colo querendo mamá

Vem mamar, vem mamar, ajoelhou você tem que rezar

Vem mamar, vem mamar, na ponta do bico do meu AK

Vem mamar, vem mamar, ajoelhou você tem que rezar
“Cadê o esqueiro”

Só um esqueiro, um esqueiro, DJ, legaliza

Sem neurose, sem neurose, na humilde eu vou assim, ó

Ooooó, ó cadê o esqueiro, demorou formar o bonde dos maconheiros

Ooooó, ó cadê o esqueiro, demorou formar o bonde dos maconheiros

De doideira, me deu uma louca vou abrir a boca

e falar do preconceito dessa sociedade escrota

Fiz tudo que faço, e do que faço eu me orgulho

Confesso pra vocês gosto muito é de fumar um bagulho

Tu não gostar tá um direito seu, agora não vem discriminar o direito de fumar que é meu

Fumo e fumo mesmo, assumo pra você, e de chiar, meu Deus, nunca vi ninguém morrer

Como pode fazer mal, isso me deixa feliz, se eu experimentei foi porque eu sempre quis

Se sou assim não depende disso, se eu sou assim é porque eu tô de bem comigo

Mas se tu não tá não é bom experimentar,

porque não é com uma planta que você vai solucionar

Os seus problemas e nem melhorar o seu astral, pense nisso amigo cai na real

Ooooó, ó cadê o esqueiro, demorou formar o bonde dos maconheiros

Ooooó, ó cadê o esqueiro, demorou formar o bonde dos maconheiros

Pára, pára tudo

Deixa acontecer naturalmente eu não quero não você chorar

Deixa que o amor encontre agente nosso caso vai eternizar
“Simpático”

Então, então, sem neurose, sem caô com marra de cão vem um vacilão de bobeira no movimento

Sei que tá mancado a massa está sacando, tamo ligado no procedimento

Simpático ao brutro, não é do justo, dos irmãos se desfaz errado vira certo, se acha esperto

Só fortalece que tem mais, o tempo é o remédio, o proceder se mostra no dia a dia

A caôzada a simpatia já ta virando epidemia,

Eu falei uma vez, tô bolado e novamente vou falar pra cura safado o ator tá ligado, vacilão é bala de AK

Por isso que eu digo, toma cuidado meu bonde bolado é um perigo

Comédia fudido, garoto metido é cartucheira de bandido

Porque ele vive na sombra do patrão, agradar vagabundo é sua profissão

Confunde ganância e ambição simpatia comédia vacilão

vive na sombra do patrão, agradar vagabudo é sua profissão

Confunde ganância e ambição simpatia comédia vacilão
Quem é? O simpático para de formar caô! Para de arrumar caô.

O simpático para de formar caô! Para de arrumar caô.

O simpático para de formar caô! Para de arrumar caô.
“Traficando cultura”

Pintam na sua frente abordando o negão Sebá, pergunta se esta portando

por isso vai lhe interrogar

Ofendem, são intolerantes, marginaliazam só pra variar dizendo favela é local suspeito

Por isso eu vou lhe revistar e responde Sebá

Meu movimento é político social, meu trafico é cultural, meu movimento é político social, meu trafico é cultural Vem comigo,

vamos traficar cultura, desentoca as peças marca atividade o negócio é plantar

Vamo lá, vamo lá vamos traficar cultura,

desentoca as peças marca atividade o negócio é plantar

Vou te dizer, tem preto e tem branco moço tem sim, empenhado no seu bem está

A favela é socialista me deu overdose de consciência,

Religiosidade, fé em deus, trazemos no corção

Paz, justiça e liberdade, guerra pelo bem sem destruição

E responde Sebá, meu movimento é político social, meu trafico é cultural, meu movimento é político social, meu trafico é cultural

Vem comigo, vamos traficar cultura,

desentoca as peças marca atividade o negócio é plantar

Vamo lá, vamo lá vamos traficar cultura,

desentoca as peças marca atividade o negócio é plantar

Tem preto e tem branco moço tem sim, empenhado no seu bem estar…
C. MCs Three and Four (duo from the Cidade de Deus)

“Bota Preta”

Parado na esquina sabe o que aconteceu, sabe o que aconteceu

Mais de dez D20 lá na Cidade de Deus

E é por isso que os amigos de plantão botaram pra cantar

E fizeram realidade o “Rap do parrá pá pá”

Seja no outono, primavera ou no inverno eu, eu mais ou menos assim

Vou caçar os vermes até nos quinto dos inferno

E é por isso que vou botar o meu tocão e vou botar a minha luva

E é por isso que as mulheres dos caninhas todas vão ficar viuvas

Tá ligado neguinho, é, tiro de nove, de doze e bereta, cadê vocês bota preta

Você na frente eu atrás só fazendo claquebum,

DJ cruz credo isso dá um caô fudido
“Cuca Louca”

Tá ca a cuca louca, tá lêlê da cuca,

A Rocinha é Comando na veia,

se quiser tomar tem que vir de bazuka


762- nós tem, AK- nós tem, G3- nós tem, Desert também (2x)

lá na Rocinha eu vou dizer como é que é

o bagulho é sinistro, shock, pode levar fé, por quê,

facão amolado, bico afiado, somos soldado

Pavãozinho descontrolado

E tem menor bolado


“Rap da CDD”

Lá onde nasci tem que saber viver, estou me referindo à minha CDD

Malandro desde pequeno sempre em busca da paz

Nós somamos, dividimos mas de menos jamais

A nossa união é coisa natural e a simplicidade é mesmo divinal

Mas se tu tá de mancada, você ver virar raíz, mexe e morre pela boca

Chapado se liga eu vou dizer como é que é

Coração de vagabundo bate na sola do pé

E se o Gato passar, não se assuste não

E se a chapa esquentar é cobrança, irmão

E se tu quer jogar, vê se joga no Espelho

O Gato é preto a chapa é quente e o Comando…

Quero ouvir o chapadão cantando assim…
“Favela cercada”

Ah, essa noite começou com tiroteio

Favela tava cercada na dava pra sair

E a criançada tava com desespero

Pelo amor de Deus, papai, tira a gente daqui

E aí então uma lágrima deceu

E vi que as minhas forças vinham das forças de Deus

Só peço aquele moço anted de apertar o gatilho

Que pense em seus filhos antes de matar os meus

Mas eu só quero entrar na minha casa, seu moço, seu moço,

E dar um beijo nas criança, beijar minha patroa

Ter o pão de cada dia (2x)

Eu só quero é ser feliz
D. MC Five (from the favela of Rocinha)

“Bandidos de Cristo”

Bandidos de Cristo, tem muita fé em Deus

Para esta vida tem que ter muita disposição

Pergunte pro Patrão
Vou subir, vou subir, vou subir o meu morrão

Com um alô pra os amigos

E um abraço pro patrão (2x)
Um alô pro Bangu Um, Água Santa e Bangu Três,

Onde vive os irmãozinhos, que saudades de vocês

Quando subo a favela e passo naquele lugar

Que o Patrão tirava onda dá vontade de chorar

Mas eu tenho fé em Deus e na pura santidade

Que em breve eu verei o Patrãozinho em liberdade

Pra gente zuar juntinho pelas partes do morrão

Desejando a liberdade dos amigos sangue bom


Um alô para os fregueses do meu Rio de Janeiro

Vai de preto ou vai de branco é do puro brasileiro

Pra quem são da Zona Norte, Zona Oeste ou Zona Sul,

Zona Leste também vem, pelo jeito vai dar um

Um abraço pros amigos que protege as favelas

Obrigado pela força que vocês dão para ela

O vapor, o fogueteiro, o gerente e o ladrão

E a todos os soldados que protege o Patrão


O Rebelde ficou bolado e fez uma reunião

Quero todo mundo armado lá no alto do morrão

Fogueteiro AR-15, o gerente de G3,

o vapor vem de pistola, eu vou falar só um vez

os soldados do meu bonde vêm de 762

os olheiros de traçante, o aviso é dois em dois

o contexto quando é sangue, os amigos reconhecem,

Rebelde vem no comando de AK-47


“Quem Comanda a favela da Rocinha”

O ##### é quem comanda a favela da Rocinha,

quero ouvir! Rocinha! Geral! Tá ligado, né mané!
Com vários bondes, vários bicos fazendo a conteção, pesadão,

A nossa base é no alto do morrão

Só irmãos, nós somos 100% Vermelhão
Com o #####,

não tenta que vai levar um sacode,

sem neurose, são vários bondes vindo de caça android

vê se pode, Rua Um, Valão e 99

com a Rocinha, tá ligado, ninguém pode
A Vía Ápia, a Paula Brito, Cachopa,

Fundação, Terreirão,

Os bondes prontão sempre de AK na mão,

boladão, observando a sua vacilação,

fé em Deus para o Comando Vermelhão
“Somos vermelho”

Somos Vermelho até o osso,

É paz, justiça e liberdade

eu tô trepado até o pescoço

E o bonde está demais

Por isso a gente é fé em Deus

e o comando cresce mais

Aqui quem sabe é nós

Se caia chuva ou faça sol

Defendo a favela nem se for a vida inteira


E o X-9 a gente quebra na ladeira, irmão

E o X-9 a gente quebra na ladeira, irmão,

Do meu quartel vejo a praia,

Rocinha é minha área

Fim de semana e pura diversão

Tô fortemente armado e o CV preparado

Tá ligado!…
E. MC Six (from the favela of Vidigal)

“Avisa lá”

Avisa cambada de alemão, que o bonde vai partir a qualquer dia

Vai chegar o comando vermelhão, não adianta esculachar nossas famílias

Avisa que Roça vai chegar para botar o morrão na disciplina

Tá ligado que o bonde do Valão, é Rocinha fechando com Vidiga


Avisa lá, avisa lá, avisa lá que sou Comando Vermelho

Avisa lá, avisa lá, avisa lá que sou Comando Vermelho

Então, avisa cambada de alemão, que o bonde vai partir a qualquer dia

Vai chegar o Comando Vermelhão, não adianta esculachar nossas famílias

Avisa que Roça vai chegar para botar o morrão na disciplina

Tá ligado que o bonde é só bicão , é a Rocinha formando com Vidiga


Avisa lá, avisa lá, avisa lá que sou Comando Vermelho

Avisa lá, avisa lá, avisa lá que sou Comando Vermelho

Fafá de Belém,você é sangue puro, é responsa tem que vir formar com nós

Mais tem que ser vermelho, vermelhasco, vermelhusco, vermelhante, vermelhão

Se liga sangue bom, não seja um demente, o Comando é chapa quente

É melhor pensar direito, se tu tá afim de formar com a gente

Meu coração, é vermelho, e vermelho é o nosso morrão

Eo, eo, eo se liga Mr. M não vem perder a linha

Morro doVidiga fechando com Rocinha

Vermelhão, Vidigal o bonde é sinistro o bonde tá na moral

Vermelhão nossos irmãos o bonde da Rocinha é pura disposição, disposição, disposição
“Menino sofredor”

Era um menino sofredor que um dia se revoltou

E foi formar com irmãos da boca, do tá tá tá ele gosto do tu tu tu ele adorou, muito mais do rá ,tá, tá, tá

Era um menino sofredor que um dia se revoltou

E foi formar com irmãos da boca, do tá, tá, tá ele gosto do tu, tu, tu ele adorou muito mais do rá, tá, tá, tá

Eu quero ouvir, vem pro CV, pega uma pistola e vem formar na boca

Mas consciente que aqui chapa é quente e essa guerra é louca, louca

Eu quero ouvir, vem pro CV, pega uma pistola e vem formar na boca

Mas consciente que aqui chapa é quente e essa guerra é louca, louca

Então vem, vem, vem pro bonde vermelhão, tem que ter disposição

Se não tem peça pra forma vem de machado e o facão

Vem, vem, vem pro bonde vermelhão, tem que ter disposição

Se não tem peça pra forma vem de machado e o facão

Eu quero ouvir sangue bom…


F. MC Seven (from the favela of Borel)

“Rap da cadeia”

E aqui no Valão, aos demais amigos que se encontra na luta do dia a dia

Tá ligado, da Rocinha, alô Valão, alô Via Apia, alô Rua Um, já é, é nós na fita…

Tá ligado, vivo somos traídos, presos esquecidos, mortos só deixamos saudades

é paz , justiça e liberdade

Vivos somos traídos, presos esquecidos, mortos só deixamos saudades

é paz , justiça e liberdade

Morro do Borel o Potal do Catrabi, Formiga o Salgueiro, a Rocinha é aqui

Morro do Borel o Potal do Catrabi, Formiga o Salgueiro, o Valão é aqui

DJ seja burro use e abuse dos irmãos, ram ram ram,

Encendeia, encendeia, encendeia, encendeia, encendeia,

Encendeia, encendeia, encendeia, encendeia, encendeia,

Gosto de cantar pros manos, muita gente não sabia,

É no morro do Borel que eu faço rap na maresia

E na indiana shock no prédio Maracai,

Quando eu olho pra você, Valão, rola pra mim,

Não é melhor e nem pior, não temos pena não temos dor,

É lá de Pernambuco é bom, é a cabrobrooó, rei lá

No morro do Borel, chapadão na Rua São Miguel e na Conde de Bonfim,

Formiga, Usina e Cachambi, lá rei laá,

No morro do Borel, chapadão na Rua São Miguel e na Conde de Bonfim,

Formiga, Usina e Cachambi, se liga de processor, esse rap está demais,

Como disse o pensador, que veio com o cachimbo da paz!

E continua a queimação, o alfe falando na minha mão,

depois que eu torrar eu toco para o Valão

No morro do Borel, chapadão na Rua São Miguel e na Conde de Bonfim,

Formiga, Usina e Cachambi, lá rei laá,

No morro do Borel, chapadão na Rua São Miguel e na Conde de Bonfim,

Formiga, Usina e Cachambi, um alô para os funkeiros, com orgulho recebemos

Foi no morro da Barrão que eu conheci o ouro preto

Termino esse rap shock, aí chapadão, repetir, sou do morro do Borel sou eu Duda MC


“Terceiro fraco”

Vejo o Terceiro está tão fraco e tão triste

Fica sem graça essa aventura de invadir

Mas o Comando é fortemente preparado

Para encarar tudo que possa, somos CV

Vejo o Terceiro caminhando sem destino

Não vende nada, até no meio da multidão

Mas o terceiro vai acabar é brevemente

Deixe eles verem quem está de frente então

Comando Vermelho, tudo é tão bonito

Comando Vermelho, é a pura disposição

Com o Comando, fico no paraíso,

Com pistola e vários bico

No Borel, morro do Chapadão


G. MC Eight (from the favela of Rocinha)

“Seus Alemao Safado”

Alô, rapaziada,

Vamos sacudir, né, mano,

Humildemente, chapa quente na Rocinha,

Vamo lá, geral, cantar com MC Fornalha

Mais ou menos assim…
Se tu invadir e ficar de bam bam bam

Vai tomar de fuzil ou de pistola e de sadam

Por que o bonde não é papo furado, então eu digo,

E fortemente preparado de fuzil e de AR-15,

o Ruegre 223 eu não posso esquecer

oi canta AK, canta G3, mas o G3 e uma arma potente

o bonde forte da Rocinha anda armado até os dentes

você vê,


olha só seus alemão safado

se invade a Rocinha vai sair todo furado

mas olha só, seus alemão safado

a Rocinha e o Comando e nunca vai ser comandado


Se tu é um alemão, ou então um policia,

Melhor não invadir a favela da Rocinha,

Por que se tu invadir tu vai ficar de Bigode

Se vir de peito aberto

E so tirao de caca androide

Demorou, por que o bonde nao deixa a desejar

Solta o pino da M9 e manda os alemão pular

Então olha a granada que é sempre alisada

Para todos os alemãos que ficarem de mancada

Dizendo vai invadir a favela da Rocinha

Então eu digo, e, só não pode perder a linha

Por que se perder a linha não vai encontrar mole não

Por que .30 e de 50

Oi na Roça tem de montao


Olha só seus alemão safado

A Rocinha é o Comando e nunca vai ser comandado

Olha só seus alemão safado

Se invadir a Rocinha vai sair todo furado


Tá ligado, né, mano,

é o Comando e nunca vai ser comandado,

Fé em Deus, Paz, jusitiça e liberdade

É nós memo, alô, rapaziada presente,

um alô pra geral, sem neurose, é nós memo,

MC Fornalha, humildemente, vai escutando a seqüência

que a Rocinha é chapa quente

tá gostando? A Rocinha,

é nós memo, mano…
H. MCs Nine and Ten (from the favela of Borel)

"Rap do Borel/Versão Comando"

Vou mandar esse rap com toda felicidade

Gente, essa letra é a pura realidade

Escuta massa funkeira, preste muita atenção

no rap que vai tocar e tem a consideração

pensa na eternidade não arruma confusão

paz, justiça e liberdade, muito amor no coração...

Para aqueles que se foram, nesse céu tão lindo

podes crer, eu sei que eles estão na paz!

Liberdade para todos nós, DJ!
Oi demorou pra abalar!

La la la ô, la la la uê,

chega de ser violento e deixa a paz renascer

la la la ô, la la la uê

paz, justiça liberdade, eu sou Borel somos CV
Se liga minha gente em o que nós vamos falar

é de um morro tão querido e a letra vão abalar

Isaí e Tico do Comando Vermelho

Paz, justiça e liberdade neste morro abalou


Agora minha gente nós vamos falar

o nome daqueles amigos que estão naquele lugar

é um lugar tão triste, tão triste e tão cruel

nós estamos falando é dos amigos do Borel…

olha coração, jamais vou te deixar

então por isso o Borel pede a liberdade já

o morro está tão lindo e não falta nada não

só está faltando é a liberdade dos irmãos.






Share with your friends:
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   27


The database is protected by copyright ©sckool.org 2019
send message

    Main page