Nomes Linha de pensamento



Download 299,65 Kb.
Page7/10
Date conversion23.10.2016
Size299,65 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10
Evsey Domar
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Domar graduou-se em Economia na Universidade de Harvard. Professor de Economia no MIT (Massachusetts Institute of Technology)
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Contribuiu para a construção de um modelo de crescimento, a partir das estáticas análises keynesianas. No modelo, a taxa de crescimento é determinada conjuntamente pela taxa nacional de poupança e pela taxa de capital/produção.
  •  
  • Linha de Pensamento
  • Acreditava que o Capitalismo possuia vários problemas e contradições, que deveriam ser estudadas. Construiu seu modelo para uma Teoria do Crescimento simultaneamente a Harrod; daí o modelo ser conhecido como Harrod-Domar.
  •   Proncipais Obras
  •  
  • Capitalism, Socialism, and Serfdom
  • Robert Dorfman
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Dorfman nasceu em Nova York em 1916. Formou-se em 1936 na Universidade de Columbia, e lá mesmo obteve seu MA em 1937. No primeiro lustro dos anos 50 esteve na Universidade de Berkeley, obtendo seu PhD. Em 1955 tornou-se professor da Universidade de Harvard, onde continuou durante o restante de sua carreira.
  •   Contribuição
  •  
  • Sua principal contribuição foi estabelecer um livro texto clássico para a aplicação da programação linear no estudo de Economia, construído a partir do também clássico artigo "Mathematical, or ´Linear` Programming: a Non-Mathematical Exposition", publicado na American Economic Review de Dezembro de 1953.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Dorfman é um economista neoclássico, que juntamente com P. Samuelson e R. Solow, insistiu no uso do instrumental matemático na Economia.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Linear Programming and Economic Analysis (1958)
  • Economics of the Environment (1972)
  • Francis Ysidro Edgeworth
  • Menu
  • principal
  • Biografia  
  •  
  • Contribuição
  •  
  • A partir de suas contribuições teóricas foi desenvolvida a Caixa de Edgeworth, que descreve as maneiras possíveis para a alocação de dois bens entre dois consumidores.
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Edgeworth contribuiu definitivamente para o desenvolvimento da abordagem gráfica de uma teoria da demanda do consumidor, na microeconomia.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Mathematical Physics: An Essay on the Application of Mathematics to the Moral Sciences
  • Irving Fisher
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Irving Fisher nasceu em Nova Iorque e graduou-se em Economia na Universidade de Yale
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Sua principal contribuição foi desenvolver metodologias para o cálculo dos índices de preços. Formalizou o uso dos índices de Laspeyres (os preços são balanceados pela quantidade no ano base) e Paasche (toma-se o ano em consideração). Desenvolveu uma Teoria dos Juros, onde o nível da taxa de juros é derivado da impaciência do consumidor, ansioso para consumir no presente ao invés de investir. Defendia um imposto sobre o consumo ao invés do imposto de renda. Acreditava que desta forma haveria mais investimentos em bens de capital.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Alguns de seus trabalhos serviram como pilares para o posterior desenvolvimento do Monetarismo.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • The Nature of Capital and Income
  • The Purchasing Power of Money
  • The Rate of Interest
  • The Theory Of Interest
  • Robert Fogel
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Robert Fogel nasceu em Nova York, em 1926. Estudou Economia na Universidade de Cornell, graduando-se em 1948. Obteve seu MA na Universidade de Columbia, em 1960, e seu PhD na Universidade John Hopkins, em 1963. Lecionou a partir de 1958 na própria Universidade John Hopkins. Nos anos 60 dividiu seu tempo entre as universidades de Rochester e de Chicago. Nos anos 70 também lecionou na Universidade de Harvard. Retornou para Chicago nos anos 80.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Fogel teve como principal contribuição introduzir os instrumentos teóricos da economia neoclássica para a análise da história. Além disto, Fogel tornou famoso o uso do método contrafactual para análise dos eventos, em que questiona a importância dada historicamente para facetas particulares da história e pensa novamente a história caso tais eventos e facetas não tivessem existido — como é o caso do impacto das ferrovias.. Desta maneira, instituiu uma metodologia própria para a reinterpretação da história. Os dois principais temas estudados por Fogel foram as ferrovias e, posteriormente, o tráfico negreiro. Em ambos fez forte esforço revisionista, indicando que a importância das ferrovias foi exagerada na análise dos historiadores e de que a escravidão não era um modo de produção ineficiente e pouco lucrativo como defendiam as correntes ortodoxas na época.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • R. Fogel é um economista de pensamento neoclássico e um historiador daquilo que se convencionou chamar New Economic History, escola que utiliza métodos quantitativos como elementos chaves para a análise histórica.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Railroads and American Economic Growth (1964)
  • Reinterpretation of American Economic History (1971)
  • Time on the Cross: the Economics of American Negro Slavery (1974)
  • Robert Lucas
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Robert Lucas nasceu em Yakima, Washington, em 1937. Graduou-se em História em 1959 na Universidade de Chicago e obteve seu PhD em Economia também na Universidade de Chicago. Lecionou na Universidade de Carnegie-Mellon entre 1970 e 1974, e desde então leciona na Universidade de Chicago. Durante os anos 80 foi editor do Journal of Political Economy.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Robert Lucas ficou conhecido pela aplicação das Teoria das Expectativas Racionais para a Macroeconomia. Com as expectativas racionais, os agentes tornam-se capazes de antecipar as ações do governo, eliminando o trade-off então existente entre inflação e desemprego no curto e médio prazo. A única maneira do governo agir sobre a taxa natural de desemprego seria através de elementos pouco antecipáveis pelos agentes econômicos.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Robert Lucas foi um dos principais fundadores da Economia Novo Clássica. Utilizando forte referencial matemático e estatístico, fazendo uso de modelos estocásticos, esta escola tornou-se referência obrigatória entre economistas conservadores, se opondo as concepções keynesianas e defendendo a não intervenção governamental.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Studies in Business-Cycle Theory (1981) Rational Expectations and Econometric Practice (1982)
  • Bertil Ohlin (1899 – 1979)
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  Nascido em Klippan, na Suécia, em 1899, graduou-se pela Escola de Economia de Estocolmo. Após sua graduação, trabalhou em seu doutoramento juntamente com Gustav Cassel. De 1925 a 1930 foi professor da Universidade de Copenhage. A partir de 1930, até sua aposentadoria, em 1965, permaneceu na Universidade de Estocolmo. Durante trinta e dois anos foi membro do parlamento sueco e líder do partido liberal sueco durante período de oposição, entre 1944 a 1967.
  •  
  • Contribuição
  •  A principal contribuição de Ohlin parte de um artigo escrito em conjunto com seu professor Eli Hechscher, em 1919, que em 1933, juntamente com James Meade, originou o livro Interregional and International Trade. Basicamente, as trocas eram dirigidas pela imobilidade dos fatores de produção e pela relativa escassez de fatores de produção e diferenciais de preço entre as diversas regiões. A partir desta teoria, os países exportam os fatores de produção em que são relativamente abundantes e importam os fatores de produção em que possuem escassez relativa. O comércio internacional, desta forma, tenderia para a eqüalização do preços dos fatores. Além disto, Ohlin antecipou, em várias publicações entre 1927 e 1934, o esquema teórico e analítico divulgado por Keynes em 1936. Contudo, suas contribuições não eram traduzidas, e seu reconhecimento ficou prejudicado.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  B. Ohlin é um economista eclético. Suas teorias, contudo, foram incorporadas para a economia internacional de base neoclássica.
  •  
  • Principais Obras
  •  "The Equilibrium Rate of Exchange", 1921, Ekon Tidsk.
  • “Theory of Trade”, 1924.
  • "Ist eine Modernisierung der Aussenhandelstheorie, rforderlich?",1927, WWA.   
  • "Equilibrium in International Trade", 1928, QJE.
  • "The Reparation Problem: A discussion", 1929, EJ.
  • "The German Reparations Problem", 1930, Ekon Tidsk
  • "Die Beziehung zwischen internationalen Handel und internazionalen Bewegungen von Kapital und Arbeit", 1930, ZfN.
  • The Course and Phases of the World Economic Depression, 1931.
  • "Protection and Non-Competing Groups", 1931, WWA.
  • Interregional and International Trade, 1933.
  • "Mechanisms and Objectives of Exchange Controls", 1937, AER.
  • The Problem of Employment Stabilization, 1949.
  • John Kenneth Galbraith
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Nascido no Canadá, Galbraith doutorou-se em economia agrícola na Universidade da Califórnia, em Berkley. Foi um dos primeiros economistas a tornar-se best-seller, com obras voltadas ao público, e não restritas ao mundo acadêmico. Foi conselheiro dos presidentes Roosevelt e Kennedy. Presidiu a American Economic Association, em 1972.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Galbraith escreveu sobre uma ampla gama de assuntos. Em uma de suas principais obras, A Sociedade Afluente, defendeu a idéia de que a fraqueza dos Estados Unidos seria o gasto exagerado em bens pessoais e pouquíssimo gasto em bens públicos. Em outra obra, O Novo Estado Industrial, Galbraith procura mostrar, já em 1967, como a economia americana é dominada pelas grandes corporações.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Galbraith não se alinhou a qualquer linha de pensamento específica dentro da academia norte-americana. Ao defender o gasto em bens públicos e atacar o poder demasiado das grandes corporações, Galbraith foi associado à esquerda e à oposição a teoria neoclássica. De qualquer forma, Galbraith é um economista voltado ao público e não à academia; esta é uma das principais características de sua linha de trabalho.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • The Affluent Society
  • The New Industrial State
  • American Capitalism
  • Henry George (1839 – 1897)
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Nasceu na Filadélfia, EUA. Após anos trabalhando em atividades diversificadas sem grandes sucessos, foi para a Califórnia, onde tirou suas conclusões, que seriam a base de sua obra.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Foi o primeiro economista a pregar enfaticamente o imposto único. Sua idéia era taxar as terras, excluindo as melhorias, para reduzir o preço das terras, colocando os preços num mesmo patamar, independentemente de suas locações. Com este imposto, pensava sustentar todas as atividades governamentais ao mesmo tempo em que incentivava a expansão agrícola.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Economista americano, teve seu livro bastante difundido no último quarto do século XIX. Sua importância é superestimada por ser um dos primeiros economistas norte-americanos com trabalho amplamente difundido.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Progress and Poverty (1879)
  • Roy Harrod
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Nascido em Norfolk, Inglaterra, Harrod lecionou no Christ Church College, até o ano de sua aposentadoria. Poderia ter ganho o prêmio Nobel, se tivesse vivido mais alguns anos. Ao longo de sua carreira, trabalhou em conjunto com J.M. Keynes.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • A principal contribuição de Harrod é seu modelo de crescimento econômico (Modelo de Harrod-Domar). No modelo, a mera reposição do capital não é uma condição suficiente para o crescimento econômico; é preciso adições líquidas de capital. Introduziu o termo taxa de crescimento natural, a taxa requerida para a manutenção do pleno emprego. Sua conclusão, no modelo, é de que a taxa de crescimento natural, determinada pela força de trabalho, não é necessariamente igual a taxa de crescimento real, determinada pela poupança. Desta maneira, não há tendência inerente de se atingir o pleno emprego.
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Harrod é um keynesiano e contribuição decisivamente para o desenvolvimento das teorias sobre crescimento econômico.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • The Life of John Maynard Keynes
  • The Trade Cycle: An Essay
  • Towards A Dynamic Economics: Some Recent Developments of Economic Theory and Their Application to Policy
  • An Essay in Dynamic Theory, Economic Journal
  • Friedrich Hayek
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Hayek doutorou-se em Direito e Ciência Política na Universidade de Viena. Nos anos iniciais de sua carreira, devido a influência de seu orientador, L. von Mises, foi um socialista Fabiano. Aos poucos Hayek foi mudando a orientação de seu trabalho, primeiro estudando e formulando um teoria monetária, e por fim, já com escritos mais politizados, enfatizando a impossibilidade de estabelecer o socialismo.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Em seus estudos sobre a Teoria Monetária Hayek assume posições que posteriormente seriam identificadas como monetaristas. Para ele, as políticas keynesianas de redução de desemprego apenas causavam inflação, devido ao aumento da oferta de moeda. Seus trabalhos foram crescentemente adquirindo um viés Darwiniano, principalmente ao advogar a predominância da Economia de Mercado, criticando a expansão do Governo e os mecanismos de Welfare.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • F. Hayek foi um dos primeiros monetaristas que se tem notícia, e ao longo de sua carreira, ao defender a não intervenção do Estado, aproxima-se do conservadorismo neoclássico, principalmente quanto a posição política não intervencionista e confiança plena nas forças de mercado para a maximização do bem-estar.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Tiger by the Tail
  • Road to Serfdom
  • The Consitution of Liberty
  • The Trend of Economic Thinking
  • The Fatal Conceit
  • Denationalization of Money
  • Individualism and Economic Order
  • Prices and Production
  • John Hicks
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Foi professor de Economia Política no Balliol College, em Oxford, até sua aposentadoria em 1965. Recebeu o prêmio Nobel em 1972, junto com K.Arrow.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Hicks é popularmente conhecido pelo desenvolvimento da curva LM, onde procurou fazer uma descrição gráfica da Teoria Geral de Keynes a respeito do mercado monetário. Desenvolveu tembém o conceito de elasticidade de substituição e introduziu a idéia de um Teste de Compensação, quando deve-se avaliar os efeitos de uma política econômica, negativos e positivos, para avaliar sua adequação.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Hicks é um economista keynesiano. Seu prêmio Nobel, foi um reconhecimento de seus estudos macroeconômicos visando o Equilíbrio Geral.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Value and Capital
  • Capital and Growth
  • The Crisis of Keynesian Economics
  • Capital and Time: A Neo-Austrian Theory
  • The Foundations of Welfare Economics, Economic Journal
  • Mr. Keynes and the 'Classics', Econometrica
  • The Valuation of Social Income, Economica
  • David Hume (1711 – 1776)
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Nascido na Escócia, estudou na Universidade de Edinburgo. Foi para a Inglaterra, onde passou o resto de sua vida pesquisando, ao lado de importantes intelectuais como Adam Smith. Embora seja mais importante como filósofo, Hume também se destacou como pensador das questões de economia política de seu tempo.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • A principal contribuição de Hume foi atacar a concepção mercantilista da necessidade de se manter uma balança comercial favorável. Com a teoria quantitativa da moeda, mostrou como um superávit permanente apenas levaria a uma elevação dos preços domésticos, de acordo com o mecanismo de fluxo de capitais (specie-flow mechanism). Por outro lado, acreditava também que um aumento gradual na oferta de moeda poderia ter efeitos na produção e no emprego. Uma terceira contribuição fundamental foi relacionar política e economia. Para ele, a liberdade econômica, através do desenvolvimento do comércio e das atividades produtivas, levaria a uma maior liberdade política, devido ao crescente  individualismo e a descentralização política.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Pertence ao grupo de intelectuais onde estava também presente Adam Smith.
  •   Principais Obras
  • Terence Hutchison
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Inglês, estudou na Universidade de Cambridge e na London School of Economics. Foi professor de economia na Universidade de Birmingham e na London School of Economics.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Analisando tanto a história como a metodologia da Economia, Hutchison afirmou que as proposições econômicas poderiam ser classificadas em empíricas ou tautológicas. Defendia portanto, que as questões econômicas deveriam se circunscrever em afirmações empiricamente testáveis.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Hutchison pode ser entendido como um discípulo de Karl Popper. Hutchison debateu com Machlup, que descrivia Hutchison como um Ultra-Empiricista.
  •  
  • Principais Obras
  •  
    • The Significance and Basic Postulates of Economic Theory on verification of economics, Chapter 8 in "The Philosophy of Economics, An Anthology", by Hausman
    • The Problem of Verification in Economics
  • Charles Kindleberger
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Kindleberger é professor de Economia no MIT, Massachusetts Institute of Technology.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • A principal contribuição Kindleberger foi seu estudo sobre a Grande Depressão, seu impacto internacional, entre 1929 e 1939, quando atribuiu a falta de uma liderança internacional no entre guerras uma das causas para o alastramento e duração da crise.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • É um economista que tenta trilhar o caminho alternativo de buscar uma análise histórica para ilustrar suas concepções a respeito da economia internacional.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • International Economics
  • A Financial History of Western Europe
  • "My Working Philosophy" , Eminent Economists, Their Life Philosophies
  • The World in Depression, 1929-1939
  • Simon Kuznets
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Professor da Universidade de Pennsylvania, John Hopkins e Harvard, Kuznets foi também presidente da American Economic Association em 1954. Em 1971 recebeu o prêmio Nobel, por seus esforços em calcular a renda nacional e analisar os efeitos do crescimento econômico.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Kuznets é conhecido por seus trabalhos para computar a renda nacional, avaliando e calculando os setores e suas inter-relações. Estudou também os efeitos do crescimento econômico na distribuição de renda, concluindo que nos países pobres, o crescimento econômico havia levado a uma maior concentração de renda, aumentando a disparidade entre ricos e pobres, fenômeno contrário ao observado nos países ricos.
  •  
  • Principais Obras
  •  
  • Economic Growth of Nations: Total Output and Production Structure
  • Economic Growth and Structure: Selected Essays
  • Income From Independent Professional Practice (With Milton Friedman)
  • Modern Economic Growth: Rate, Structure, and Spread
  • National Income, 1929-1932
  • National Income and Capital Formation, 1919-1935
  • National Product Since 1869
  • Shares of Upper Income Groups in Income and Savings
  • Kevin Lancaster - 1924
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Nasceu em 1924 em Sydnei, Australia. Na Universidade de Sydnei formou-se em 1949 e obteve seu MA em 1952. Obteve seu PhD na Universidade de Londres, em 1958. De 1959 a 1962 lecionou na Universidade de Londres. De 1962 a 1966 lecionou na Universidade John Hopkins, e a partir de 1966 tornou-se professor da Universidade de Columbia.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • A principal contribuição de Lancaster foi desenvolver uma nova teoria do consumidor baseada nas características dos bens e não nos bens em si. Cada bem possui uma cesta de características, e é sobre estas características que o agente age e maximiza sua função de utilidade. Nesta teoria, a diferenciação do produto bem como as variações do produto são compatíveis com a presença de competição perfeita. Lancaster é também co-autor da Teoria Geral do Segundo Melhor — Second Best —  uma contribuição importante para a Economia do Bem-Estar. Enfatizou também a importância do cálculo qualitativo, em situações em que o cálculo quantitativo é insuficiente ou exato, para apontar a direção das mudanças e efeitos.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Embora Lancaster seja um economista neoclássico, fez importantes contribuições que extravasam o referencial clássico da disciplina, podendo caracterizá-lo como um pensador heterodoxo.
  •  
  • Principais Obras
  •  
    • Introduction to Modern Microeconomics (1969)
    • Mathematical Economics (1968)
  • Oskar Lange
  • Menu
  • principal
  • Biografia
  •  
  • Oskar Lange foi professor de Economia das Universidades de Krakow, Chicago e Varsóvia. Ocupou outras posições importantes em sua carreira. Foi embaixador, delegado polonês das Nações Unidas e diretor do Conselho Econômico Polonês.
  •  
  • Contribuição
  •  
  • Lange foi responsável por estudar a factibilidade do socialismo. Criou o conceito de Socialismo de Mercado, onde os preços seriam determinados a partir de um equilíbrio, a fim de obter um aumento ou diminuição da produção, através das indústrias, de propriedade governamental. Posteriormente admitiria a importância de manter parte da economia no setor privado, a fim de preservar a flexibilidade e competitividade real típica dos investimentos privados. Quanto as contribuições puramente teóricas, Lange defendia o uso de modelos, criados a partir de observações empíricas e lógica matemática.
  •  
  • Linha de Pensamento
  •  
  • Lange debateu com Hayek a viabilidade do socialismo. Acreditava ser viável, enquanto Hayek não tinha confiança no estado gestor das indústrias.
  •  
  • Principais Obras
  •  
    • The Foundations of Welfare Economics
    • On the Economic Theory of Socialism, Part I & II
    • The scope and method of economics
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10


The database is protected by copyright ©sckool.org 2016
send message

    Main page